Como Recorrer de Multas de Trânsito sem Advogados

como recorrer de multas de transito sem advogado

Você sabia que para recorrer de sua MULTA DE TRÂNSITO NÃO HÁ a necessidade de constituir um advogado?

Para entrar com recurso você não precisa contratar um advogado. É o órgão administrativo que recebe o protocolo, faz a instrução do processo, enviando-o depois à JARI (JUNTA ADMINISTRATIVA DE RECURSOS DE INFRAÇÕES), que deve julgar o recurso em 30 dias. O Autuado pode entrar com recurso para cancelamento da multa sem nenhum custo. Basta para isso protocolar o seu próprio recurso após ter recebido a Notificação de Autuação.

Em geral, no caso de recurso de multas, o ideal é contratar alguém com mais experiência e conhecimento na área, ou ainda, um empresa especializada e que apresente uma ótima qualidade em suas defesas administrativas (www.1001recursosdemulta.com.br), principalmente nos casos mais graves em que poderá haver a suspensão ou cassação da CNH.

Ocorrendo a perda do prazo ou de indeferimento na DEFESA PRÉVIA, você deverá protocolar um recurso que será apreciado pela JARI. Você não precisa pagar a multa ou qualquer taxa para protocolar seu recurso. Se já pago, no caso de penalidade, pode solicitar ressarcimento dos valores pago.

Caso seu recurso seja deferido (ganho), tanto na defesa da autuação quanto no recurso em 1a instância, a imposição será cancelada. Porém , se o recurso em 1a instância for negado (indeferido), ainda assim você pode recorrer ao Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN) em 2a instância.

Cabe salientar , que tanto a JARI ( 1ª instância ) e CETRAN ( 2ª instância ) NÃO É PRECISO CONTRATAR ADVOGADO PARA FAZER O SEU RECURSO.

Para isso , basta qualquer cidadão apresentar juntamente ao seu modelo de recurso (www.1001recursosdemulta.com.br) apresentar os seguintes documentos, quando pessoa física: Original da guia de notificação de Autuação/ Penalidade ou cópia frente e verso ( serve para isso , em caso de não ter recebido, o nada consta retirado via Internet pelo site do DETRAN referente ao seu estado); Cópia da CNH ou permissão para dirigir o veículo; Cópia da carteira de identidade; Cópia do Certificado de Registro de Licenciamento Veicular (CRLV) e Cópia do comprovante de residência.

Já em casos de Pessoa Jurídica, onde veículos de empresas foram indevidamente autuados, ALÉM DE NÃO PRECISAR DE ADVOGADO , deve-se juntamente ao seu modelo de recurso (www.1001recursosdemulta.com.br) apresentar os seguintes documentos: Original da guia de notificação de Autuação/ Penalidade ou cópia frente e verso (serve para isso, em caso de não ter recebido, o nada consta retirado via Internet pelo site do DETRAN referente ao seu estado); Cópia do Contrato Social, Estatuto, Regimento, ou documento equivalente, onde conste a assinatura do requerente, cópia da carteira de identidade; Cópia do CRLV (certificado de registro de licenciamento veículo); Cópia do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); Comprovante de endereço com CEP (conta de luz, correspondência bancária, etc); Cópia da CNH do condutor.

Desta forma, com um leque de possibilidades para o eventual cancelamento, o ideal é NÃO PREENCHER formulário do DETRAN, porque não dá pra colocar tudo o que se pode argumentar. O ideal é, SIM, buscar uma empresa especializada e que esta ofereça todas as defesas do seu processo administrativo, qual seja, DEFESA PRÉVIA, 1ª INSTÂNCIA E 2ª INSTANCIA, assim como faz com primazia a www.1001recursosdemulta.com.br , SEM TER A NECESSIDADE DE MAIORES DESPESAS COM HONORÁRIOS DE ADVOGADOS, uma vez que é permitido ao AUTUADO efetivar a sua própria defesa.

Logo, veja em nosso site, www.1001recursosdemulta.com.br, algum de nossos modelos de recurso, que seja compatível com a sua autuação e escolha o mesmo para que o senhor tenha êxito no cancelamento da sua Infração de Trânsito.

Att,
Equipe 1001 Recursos de Multa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *